LUTO NA PARAÍBA – Aqui fica registrado a nossa homenagem a Dra: Maria Eugênia Farias Almeida Motta

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) comunica com pesar o falecimento da dra. Maria Eugênia Farias Almeida Motta, nesta sexta-feira (4), em João Pessoa (PB). O velório está sendo realizado até as 16h deste sábado (5), na Central de Velórios São João Batista, próximo à Praça da Independência. Depois o corpo seguirá para sepultamento em Boa Vista, na Paraíba.

“Hoje a pediatria brasileira está de luto com a perda da nossa colega que tanto contribuiu na melhoria da saúde das crianças pernambucanas. Estamos todos tristes e solidários com a família dessa grande profissional”, observa a presidente da SBP, dra. Luciana Silva.

TRAJETÓRIA –

Dra. Maria Eugênia foi presidente na Sociedade Pernambucana de Pediatria (SOPEPE) na gestão 2013-2015. No entanto, devido ao AVC sofrido no segundo semestre de 2013, precisou se afastar do cargo.

“A sua determinação, transparência das atitudes e convicção do trabalho em favor das nossas crianças serão sempre lembradas” comenta o dr. Eduardo Jorge da Fonseca Lima, atual presidente da SOPEPE.

Dra. Maria Eugênia era graduada em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (1991), com mestrado em Saúde da Criança e do Adolescente pela Universidade Federal de Pernambuco (1998) e doutorado em Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria pela Universidade Federal de São Paulo/ Escola Paulista de Medicina (2003).

Em 1998, se tornou especialista em Gastroenterologia Pediátrica pela Univesridade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Universidade Federal de São Paulo/ Escola Paulista de Medicina (2000).

Em sua trajetória profissional, além de se dedicar no atendimento às crianças e adolescentes do Estado de Pernambuco, atuou Professora Adjunta 4 da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi vice-coordenadora e membro do Corpo Docente da Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente da UFPE, orientando alunos de mestrado e doutorado.

Trabalhou como supervisora da Residência Médica em Gastroenterologia Pediátrica do Hospital das Clínicas da UFPE e foi membro do corpo docente da Pós-Graduação em Saúde da Comunicação Humana da Universidade, orientando alunos do mestrado.

Foi consultora ad-hoc do BMC Gastroenterology, do Jornal de Pediatria e da Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil.

Na medicina, atuou na área de Gastroenterologia e Nutrição Pediátrica nas linhas de pesquisa em alergia alimentar; alterações de motilidade e sensibilidade nas gastrintestinais funcionais, especialmente constipação crônica e dor abdominal; doença celíaca; sobrepeso e obesidade.