FIEP chega aos 68 anos de fundação com foco na educação e inovação e de olho no futuro

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

São quase sete décadas de atuação em prol da indústria paraibana. Nesta segunda-feira, dia 17 de julho, a Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEP comemora 68 anos de uma história que teve início pelas mãos corajosas e determinadas de um grupo de empresários paraibanos, cujos nomes enobrecem a formação da primeira diretoria da entidade (foto) instituída em 1949.

A Federação das Indústrias é um sindicato de segundo grau, representante dos 27 sindicatos de base no Estado. Em primeiro grau, atua a Confederação Nacional das Indústrias (CNI), dando suporte a todas as federações do Brasil.

Em sua linha histórica, a FIEP reúne lutas e conquistas. Uma entidade atuante que está sempre à frente de causas importantes, cuja contribuição já impulsionou a concretização de ações transformadoras para o desenvolvimento da Paraíba.

A conquista mais recente foi a conclusão do Projeto de Transposição de Águas do Rio São Francisco que ao longo dos anos foi um tema discutido e defendido pela FIEP. Entre os marcos mais importantes, é possível destacar o surgimento da a SUDENE, que nasceu na FIEP, com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A criação do Banco do Nordeste que também nasceu na FIEP. A chegada do Gasoduto à Paraíba e o aumento do Calado do Porto de Cabedelo também é uma conquista da instituição.

O presidente da FIEP também ressaltou que investir em educação tem sido a atividade principal do Sistema Indústria, visando a inovação e competitividade que é o objetivo maior da indústria paraibana e a indústria brasileira. “Os alunos do SESI e SENAI também são preparados para o futuro. Os empresários podem ter a certeza de que, quando o assunto for tecnologia, formação profissional e educação básica, ele vai encontrar no Sistema Indústria, a solução que ele busca para sua empresa”, afirmou o Buega Gadelha.

Ações como estas são conquistas resultantes de uma sinergia natural com a sociedade que têm resultado no maior desenvolvimento econômico e social da Paraíba. A partir da criação da FIEP em 1949, foram criados também o SESI, SENAI e o IEL, entidades criadas e mantidas pelo industrial através de contribuição compulsória com o objetivo de atender aos empresários e os trabalhadores e seus dependentes.

Saiba mais da FIEP

Primeira Diretoria - Movidos por notável espírito de liderança, comprometido com o desenvolvimento do Estado e não somente na esfera econômica, mas também com visionários projetos voltados à evolução e ao progresso da Paraíba, a primeira diretoria da FIEP que tomou posse em 17 de julho de 1949 esteve assim composta. Presidente: Domício Velloso da Silveira; Vice-Presidente: José Marques de Almeida Júnior; 1º Secretário: Milton Bezerra Cabral; 2º Secretário: Jorge Gomes de Freitas; Tesoureiro: Giuseppe Gioia - Diretoria Suplente: Luiz Pessoa Filho; João Pimentel Lima; Valdemar Aranha; Eduardo de Aguiar Ellery; José Barbosa de Lucena - Conselho Fiscal: (Efetivos) Francisco Alves Pereira; João Araújo Rique Ferreira e Luiz Mota - Suplentes: Francisco Ramos de Queiroz; Adelino Honório da Silveira e Agenor Vasconcelos. Integrantes do Conselho de Representantes junto à CNI: Domicio Velloso da Silveira; Camilo Pereira Carneiro Junior; Raul de Góis e Daniel G. Sydenstrick.

As Sedes - Ao passear pelos caminhos da história é possível localizar, ainda hoje, os antigos endereços ocupados pela sede da Federação das Indústrias na Paraíba.

A FIEP teve a sua primeira sede instalada, em Campina Grande, na Rua Presidente João Pessoa, nº. 21, no primeiro andar da antiga sede da Associação Comercial. A rua inicialmente chamada de Rua das Areias, depois Rua Dr. João Leite e após 1930, Rua João Pessoa em homenagem a João Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, Governador da Paraíba.

A Segunda sede da FIEP esteve localizada no 1º andar do Edifício do Livro, esquina da Rua Maciel Pinheiro, com a Rua Monsenhor Sales, 293 acima da antiga Livraria Pedrosa. No passado, a Maciel Pinheiro era conhecida como a Rua Grande, Rua das Gameleiras e popularmente como Rua da Feira.

Já a terceira e última sede da FIEP, antes de vir para o endereço atual, foi instalada no 2º e 3º andar da atual sede da Associação Comercial, localizada na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 715 - Centro. A antiga Rua da Matriz, que na época chegava apenas até a antiga Câmara Municipal e atual Biblioteca Municipal.

O atual edifício da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, localizado à Rua Manoel Guimarães, 195, no bairro José Pinheiro, é uma edificação composta por multiformes dimensões, constituindo uma das mais belas obras da cidade e, para alguns, do Brasil.