‘Os Dias Eram assim’: supersérie da Globo tem como protagonistas Renato Góes e Sophie Charlotte

Publicado em Categorias Destaques, Últimas

“Os Dias Eram Assim”, nova série da Globo, logo no primeiro capítulo deixou um recado claro: a trilha sonora é tão boa quanto a trama. São músicas que marcaram a luta de uma geração contra a ditadura militar durante os anos 1970 e 1980. Ídolos como Elis Regina, Chico Buarque, Raul Seixas, Legião Urbana, Secos & Molhados e os Novos Baianos desfilam suas canções pelo programa.

A série, ambientada no período dos anos de chumbo, aborda a luta contra a censura imposta pelos militares. No período, apesar dos pesares, uma revolução ocorreu no cenário cultural brasileiro: artistas famintos por liberdade e pela quebra dos mais variados tabus surgiram nas rádios, festivais e shows.

Os grandes expoentes da vanguarda utilizavam as canções, o cinema e o teatro para denunciar os absurdos da ditadura. A música era um elemento de troca de mensagens, de afirmação de valores e de circulação de ideais. Exatamente esses pontos aparecem na trilha sonora de “Os Dias Eram Assim”:

Carlos Araújo, o diretor artístico do programa, decidiu inovar e pediu aos astros principais para cantar “Aos Nossos Filhos”. A música de Ivan Lins, que é tema de abertura de “Os Dias Eram Assim”, ganhou nova versão nas vozes de Sophie Charlotte, Daniel de Oliveira, Renato Góes, Maria Casadevall e Gabriel Leone.

Outra “atualização” feita na trilha sonora é a versão de Tiago Iorc para “Tempo Perdido”, um dos maiores hits da Legião Urbana. O cantor é uma das atrações do Funn Festival, previsto para o Parque da Cidade, entre 3 e 18 de junho.

Informações do site: Metrópoles

Fotos - reprodução/divulgação/Rede Globo

Vejam o clipe oficial da abertura: